Resuminho da primeira prova de behavior :)

PRIMEIROS CONCEITOS
A Filosofia do Behaviorismo é uma filosofia da ciência que se trata da análise experimental do comportamento.

Behaviorismo radical →  analise de comportamento (aplicado)
                                 → análise experimental do comportamento (produção de conhecimento)

⧭ Método experimental:
Comportamento é uma relação dos seres vivos relacionados a preservação da espécie

⧭ Relação entre organismo e ambiente - reações de um organismo a um evento ambiental (luz intensa) - evento comportamental ( dilatação da pupila).
 → A maior parte do nosso repertório comportamental tem relação direta com o ambiente.
 → Comportamento reflexo (reação)
→  Comportamento operante (ação) = altera o ambiente.
→ Variável independente (VI)
→ Variável dependente (VD)

⧭ Na ciência do comportamento é possível verificar os efeitos de variáveis ambientais (VI) sobre as variáveis comportamentais(VD) (válido para comportamentos operantes).

→ Comportamento é definido como relação entre variáveis ambientais e variáveis comportamentais.
   ASPECTOS HISTÓRICOS
  • Um background para abordagem científica do comportamento.

* Aristóteles: 325, AC = tentativa naturalista de entender as causa do comportamento humano  → observação e classificação.

*Início da era cristã = dualismo definitivo foi estabelecido entre alma e corpo, inibiu o estudo naturalístico do comportamento - as ciências do comportamento permaneceram adormecidas.

*Descartes (1596- 1650) tomou uma resposta mecânica como modelo para explicar como um estímulo ambiental externo  poderia causar um movimento.

*Robert Whytt (1750) ação reflexa = reflexo eliciados em uma rã decapitada enfraqueceu a atratividade da explicação  em termos de alma.

*Início do século XIX = fisiologista inglês Sir Charles Sherrington resumiu as causas do reflexo em leis quantitativas e estímulo e resposta.

*Thorndike (1898)  = lei do efeito = mudança no ambiente provoca efeitos do comportamento, muda-se o ambiente para o comportamento se alterar, não existe acesso ao comportamento sem o ambiente. Experiências passadas dos animais determinam o comportamento, no entanto mudar o comportamento depende do presente. (pois não se tem mais acesso ao passado do organismo)

*Ivan Pavlov (1928) = fisiologista russo demonstrou os reflexos condicionais, ele levantou um protocolo para testar sua hipótese → cachorro - carne -  solução ácida- campainha.
→ a apresentação da campainha eliciava a resposta
→ relação comportamental aprendida (adquirida) e que podia se extinguir.
  • Estabeleceu as leis do condicionamento clássico  e a lei geral do condicionamento(aprendizagem) aprender significa alterar o ambiente de uma forma nova- direta. (1928) lei do condicionamento geral - condicionamento é estabelecer uma relação entre o que o organismo faz e os eventos responsáveis por aquilo que ele faz.
  • S → R= reflexo respondente
  • S → S → R =  reflexo condicionado ou respondente condicional
  • R → S = operante simples
  • S → R → S = operante discriminado
  • S → S → R → S = discriminação condicional.

*Watson =  definiu a Psicologia como ciência do comportamento natural (negou a subjetividade, Skinner chama o behaviorismo do Watson de metodológico).
*Skinner (1930/33) = estabeleceu a ciência do behaviorismo radical e o objeto de estudo definido foi o comportamento operante.
                         
S → R (eliciada)
→Intensidade
→latência -  PERÍODO entre a apresentação do estímulo e eliciação da resposta
→duração = tempo
→magnitude = medida específica da resposta.
(VI) variáveis independentes são as ambientais
(VD) variáveis dependentes são as comportamentais.(super sensíveis, os comportamentos são controlados pelas consequências.


*Darwin = preocupou-se com o comportamento de diferentes espécies → observava e descrevia o comportamento adaptativo de diferentes espécies.
  • O Behaviorismo estuda a relação do organismo com o ambiente. O comportamento dos sujeitos selecionados durante a vida, essa seleção feita é ontogeneticamente = cultural (costumes) - eles caracterizam e mantém a cultura.
  • Acontece uma interação da espécie/cultura com o ambiente.

Comportamentos  para a Análise do Comportamento são relações entre estímulos e respostas.
Eventos ambientais podem ser tanto internos quanto externos.

→ Comportamentos Operantes = o organismo age/muda/altera o ambiente (ação).

→ Comportamentos reflexos = o organismo responde ao ambiente e essas respostas podem ser preparativas para outras respostas (reação).

Skinner criou uma terminologia para falar dos fenômenos comportamentais  e vocabulário específico para falar de comportamento.
  • Escolhas  são baseadas no conhecimento das histórias passadas comportamentais.
  • Consciência é conhecer as contingências que controlam seu comportamento.

Skinner procura as causas do comportamento e deixa de lado as questões voltadas para o subjetivo.
Comportamento é determinado por questões ambientais e herança genética.
Comportamento aberto → passível de observação
Comportamento fechado → não é observável. O estudo científico do comportamento não permite inferência
→ a comunidade verbal modela o objeto. O comportamento se distribui e é organizado no tempo, é a relação do indivíduo com o ambiente .Sendo assim a aprendizagem se dá por contingências.

Hierarquia Comportamental
Comportamento muda em termos probabilísticos, comportamento tem hierarquia de probabilidade.

⧭ O comportamento humano é um campo delicado, isso faz com que o behaviorismo que é uma filosofia da ciência do comportamento seja tão mal compreendido

Texto de Skinner:  “About Behaviorism”.

⧭ Skinner inicia o texto falando das causas do comportamento, que frequentemente costuma-se atribui-lo a uma entidade não física chamada mente, muitos ignoram o problema e ao que parece fazê-lo não traz tanto prejuízo.

⧭ Outros indivíduos ao invés de buscar as causas do comportamento se limitam  e descrever o que as pessoas fazem: esse é o caso do Estruturalismo.

⧭ Outro aspecto que pode ser estudado do comportamento é sua função de acordo com a época e idade como nas crianças. As mudanças no desenvolvimento e crescimento.

⧭ Controle: O estruturalismo nos diz como as pessoas agem, mas não tem uma resposta para o porque elas se comportam desta ou daquela maneira.

Behaviorismo Metodológico
O mentalismo pode ser evitado buscando as causas físicas anteriores do comportamento. = considerar fatos que possam ser objetivamente observados no comportamento de alguém em relação a sua história ambiental. O ambiente tem grande importância no estudo do comportamento e não pode ser ignorado.
A maioria dos behavioristas metodológicos aceitava a vida mental, mas os excluía de consideração.
Behaviorismo Radical
Ele não nega a possibilidade da auto-observação ou auto-conhecimento, mas questiona se a natureza do que é sentido/observado/conhecido. O behaviorismo radical afirma que o que é sentido e introspectivamente observado não é um mundo imaterial, inconsciente ou da vida mental, mas é o próprio corpo do observador, isso significa que o que é sentido ou introspectivamente observado é a causa do comportamento.
O ambiente exerce grande contribuição na vida do indivíduo, ele ajuda na previsão/controle do comportamento humano e sua interpretação na vida diária. Quando um dos dois pode ser alterado o comportamento pode ser modificado.

Sobre o surgimento do Behaviorismo Radical de Skinner- Tourinho

 ⧭ Estabelecer uma psicologia operacional, em termos que pudessem ser explicados fisicamente (empiricamente). Skinner teve contato com a obra de Bridgman: Skinner fez a primeira análise operacional de um conceito psicológico
.
⧭ O Behaviorismo de Boring, Stevens e Spencer  na década de 30 e 40 tentar combater a psicologia mentalista esses autores desenvolvem um operacionismo bastante baseado pelo positivismo lógico.
 
⧭ Terms trata de 3 questões - a natureza dos eventos privados

  • O problema do critério de verdade por concordância pública
  • Os processos através dos quais um indivíduo passa a relatar os eventos que lhe ocorreram de forma privada.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suicídio

Trabalho de Filosofia sobre o filme Vanilla Sky

Antropologia